terça-feira, 12 de janeiro de 2016

8º Dia - 12 Dias de Jejum e Oração

O copeiro-chefe esquece-se de José: Aprendendo a esperar em Deus!
CLAMOR POR UMA VIDA CHEIA DE FÉ E PACIÊNCIA

“O chefe dos copeiros, porém, não se lembrou de José; ao contrário, esqueceu-se dele” (Gn 40.23).


MEDITAÇÃO

Todos nós estamos acostumados a orientar nossa vida pelo tempo. Nossos planos desde os mais simples como as tarefas do dia a dia, até os mais importantes como a formação e vida profissional são elaborados a partir do tempo. E temos geralmente muita pressa. Aliás, vivemos numa era que pede que tudo seja feito com urgência, quanto mais rápido, mais eficiente é considerado. Transporte, comida, compras, educação, etc. Estamos tão viciados nesse raciocínio que com muita facilidade transmitimos esse valor para nossa vida com Deus. Mas para alcançarmos uma vida cheia de fé e paciência precisamos atentar para o seguinte:

  1. O tempo chronos e kairos. O povo grego antigo tinha duas palavras para o tempo: chronos e kairos. Enquanto chronos refere-se ao tempo cronológico, ou sequencial, que pode ser medido, kairos refere-se a  um momento indeterminado no tempo, em que algo especial acontece, ou seja, o tempo oportuno. Chronos é o nosso tempo, por isso estamos sempre contando-o, tentando abreviá-lo. Nosso Deus não está sujeito ao Chronos como nós estamos, pelo contrário, Ele age, segundo sua sabedoria, no tempo oportuno, no Kairós.

  1. A pressa nem sempre é uma virtude. Aliás, como diz o ditado popular, “ela é inimiga da perfeição”. A pressa não coopera para a maturidade. Um fruto não ficará próprio para o consumo caso não se espere com paciência para seu amadurecimento. Os anos de José na cadeia forjaram o caráter do inexperiente jovem hebreu para que se transformasse no eficiente governador do Egito. Enquanto na casa de Potifar conviveu com ricos e administrou com fartura e conforto, na prisão conviveu com o povo comum e aprendeu administrar na escassez.

  1. Servir a Deus com um coração sincero. Mas para isso precisamos aprender a ler “os sinais”, dados por Ele. O esquecimento do copeiro não escapou nos planos de Deus – fez parte dele – para que José estivesse pronto no tempo oportuno. O que teria acontecido a José se o copeiro tivesse cumprido a promessa e promovido sua saída? Teria voltado para a casa de seu pai? Ou ido para algum lugar distante e desconhecido? Não estaria Deus guardando-o para a missão que tinha para ele naquele país?

Nossa confiança em Deus se fortalecerá se lembrarmos de que Ele tem a hora certa de agir. Ele não dorme, nem mesmo cochila. Ele sabe todas as coisas e jamais chega atrasado. Não condicione o agir de Deus na sua vida ao Chronos, mas descanse no seu Kairós.

MOTIVOS DE ORAÇÃO

1. Ore demonstrando a sua esperança e confiança em Deus.
2. Ore pedindo a renovação das promessas.
3. Ore sabendo que Deus não esquece de ninguém e que no tempo certo a sua bênção vai chegar.

CONSAGRAÇÃO

Jejum sugerido: Abstenha-se de revistas, jornais, e-mails, palavras cruzadas... leituras que não irão te edificar espiritualmente. Procure ler a Bíblia ou um livro cristão, louvores e aproveite o tempo livre para orar.

“Agrada-se o Senhor dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia”

Salmos 147:11

Nenhum comentário:

Postar um comentário