terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Solidão como companheira!



João 2:1 a 11
 "Três dias depois, houve um casamento em Caná da Galiléia, e estava ali a mãe de Jesus; e foi também convidado Jesus com seus discípulos para o casamento. E, tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm vinho. Respondeu-lhes Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora. Disse então sua mãe aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser. Ora, estavam ali postas seis talhas de pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam duas ou três metretas. ordenou-lhe Jesus: enchei de águas essas talhas. E encheram-nas até em cima. Então lhes disse: Tirai agora, e levai ao mestre-sala. E eles o fizeram. Quando o mestre-sala provou a água tornada em vinho, não sabendo donde era, se bem que o sabiam os serventes que tinham tirado a água, chamou o mestre-sala ao noivo e lhe disse: Todo homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho. Assim deu Jesus início aos seus sinais em Caná da Galiléia, e manifestou a sua glória; e os seus discípulos creram nele."
Ao ler este texto pude observar que Jesus nunca estava só, sempre com seus discípulos além disso era um homem popular e querido pelas pessoas pois fora convidado para a festa. pude também notar também que as pessoas tinham confiança em Jesus, pois encheram logo de água as talhas (para poder encher-las obviamente estavam vazias).
Tenho notado que as familias estão cada vez menores, mais pessoas morando só, temos poucos amigos, mal conhecemos os nosso vizinhos, as empresa investem mais em congelados único(para uma pessoa), as imobiliárias investem em apartamentos de uma quarto-sala... a nossa sociedade mudou! as pessoas estão cada vez mais só!
no livro de Eclesiástes 4 a partir do versículo 9 diz: "Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só como se aquentará? Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade..."
O livro mais vendido no mundo, a palavra de Deus, o livro considerado o manual da vida nos ensina  que o homem é um ser social, publico, pupular (não foi em vão que Deus fez Eva) e porque cada vez mais estamos nos escondendo, fazendo da solidão nossa companheira?

Devemos lembrar que o cristão deve seguir a Cristo (discípulo), mais seguir não é estar vinculado a uma denominação religiosa, não é só fazer sua prece todos os dias, seguir a Cristo é tentar ter o mesmo pensamento, mesmas atitudes, ser o bom samaritano, ser fiel,... podia passar dias aqui dizendo o que seguir a Cristo mais creio que você já sabe o que quero dizer (ou o que pelo menos tentei!)
Tenho visto que a nossa geração esta morrendo mais cedo, com doenças nunca vista, por drogas, por violência, sei que isto sempre aconteceu mais não com tanta incidência! o homem desaprendeu a conviver em sociedade!

Precisamos deixar de fazer companhia a solidão e aprendermos a seguir a Cristo!

MORDAÇA GAY

Esta semana recebi uma exemplar da revista Sion News, em um dos quadros me chamou atenção (ponto de vista) que fala sobre o Projeto de lei 122/06, creio que como cidadão e como cristão não devo ficar calado diante do que acontece no nosso parlamento! espero que você também não fique!



     O projeto visa criminalizar a prática do que eles chamam de "homofobia" (aversão a homossexuais) Tal projeto é flagrantemente inconstitucional. Se fizermos uma analise na visão jurídico e sociológica, percebemos facilmente a ausência de respaldo a PL 122/06. Não se pode dotar de super-poderes uma minoria, seja étnica, religiosa, filosófica, etc., sem que isto signifique uma agressão a princípios do Estado Democrático do Direito. Em todos os períodos da história pátria, que se buscou calar a opinião dos cidadãos, os resultados foram sempre os piores (vale lembrar o período em o o país viveu sob o regime militar imposto pelo golpe de 1964).

     O art.5º da Constituição vigente (constituição de 1988, que é elogiada por muitos países e considerada uma modelo para muitos juristas) elenca uma série de cláusulas pétreas que correm um sério risco de agressão com a aprovação deste absurdo projeto de lei. O art. 5º, IV diz: "é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;". ninguém pode ser impedido de manifestar sua opinião publicamente dentro dos limites legais e morais estabelecidos por lei. Este texto não é nenhuma apologia a preconceito ou manifestação agressiva contra pessoas. O que defendo é que não pode haver impedimento de nenhuma natureza quanto à expressão da opinião em relação à prática do homossexualismo. Se a idéia da PL 122/06 virar moda, outros segmentos da sociedade exigirão o amparo legal contra críticas as suas práticas. Isto é totalmente desarrazoado.

     Outra cláusula pétrea atacada pelo PL 122/06, é o inciso VI do mesmo artigo 5º que reza: "é inviolável a liberdade de consciência e de crença...". ninguém pode ser impedido exercitar sua crença e suas convicções por força de uma lei infraconstitucional. O PL 122/06 prevê a reclusão como punição quem fizer em publico leitura de textos (ainda seja que bíblicos) que falem contra o homossexualismo. Isto significa tolher a liberdade de consciência religiosa. Por isso é oportunamente intitulada "Lei da Mordaça gay", porque  visa amordaçar a sociedade no que diz respeito ao homossexualismo.

     Resta uma análise moral da questão. Se a prática do homossexualismo fosse algo comum a natureza das coisas, não haveria necessidade de criar uma lei a fim de calar aqueles que são avessos, aliás, não haverias pessoais contrárias a tais hábitos. É uma  lei natural. O homem foi criado para a mulher A verdade por trás de tudo disto tudo é evidente, que a proliferação da espécie humana depende da união entre estes sexos opostos. Por isto o homossexualismo não é aceito pelo ser humano como algo normal. Sempre vai causar a sensação de estranheza naqueles que estiverem ao redor.

     O que se pretende com a aprovação do PL 122/06 é fragilizar a moral que ainda resta na sociedade hodierna, e depois disto, só Deus sabe o que virá pela frente. Quantos Projetos de Lei de mesmo quilate deste serão propostos na casa legislativa.