quinta-feira, 27 de outubro de 2016

CONVICÇÃO DE FÉ

CONVICÇÃO DE FÉ
“Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem.” Hebreus 11:1

Introdução: Estamos vivendo em uma geração que não tem grande convicção de sua fé em Jesus Cristo; e isso, faz com que essas pessoas desistam com facilidade do propósito de Deus, da igreja e de sua jornada de fé.
Você sabe por que os apóstolos deram as suas vidas por Jesus? Porque eles conviveram com o Cristo ressurreto, eles comeram com Ele, tocaram NEle, ouviram os seus ensinamentos, receberam dele o poder do Espírito Santo, e isso, lhes deu convicção de viver e morrer pela fé.
Se você precisa de uma causa para viver e morrer, tenha convicção de sua fé em Jesus.

1 – A convicção de fé no Senhor nos faz viver um estilo de vida Santo.
A convicção de fé produz compromisso com a santidade e nos faz viver uma vida consagrada ao Senhor; uma vida completamente separada do pecado. Hebreus 12:14
Quando temos convicção de nossa fé no Senhor, nós temos um estilo de vida santo.

Exemplo: José do Egito, ele tinha compromisso absoluto com a santidade ao Senhor, por isso, Deus o fez prosperar em tudo o que fez (Gênesis 39.1-12).
A convicção de fé no Senhor nosso Deus nos faz viver em santidade, sem nos contaminar com as propostas deste mundo. Rom. 12:1,2
O Senhor nosso Deus cuida, abençoa, honra, prospera e promove as pessoas que vivem um estilo de vida Santo.
Exemplo: Daniel e seus três amigos Sadraque, Mesaque e Abdnego; o que fez deles os melhores jovens da Babilônia em sua geração, foi a coragem e o compromisso deles com um estilo de vida Santo diante de Deus e dos homens (Daniel 1.3-20).

2 – A convicção de fé no Senhor nos faz atravessar as provações e vencê-las.
“Eu sei que o meu Redentor vive e que no fim se levantará sobre a terra.” Jó 19:25
No meio de uma provação terrível, Jó manteve a convicção de sua fé, declarando: “Eu sei que o meu Redentor vive…” ele estava dizendo: “O Deus de quem eu sou e a quem eu sirvo está no controle de todas as coisas. Ele é o meu Senhor e meu redentor.” Quem tem convicção não desiste de sua fé na hora das provações, das aflições, das dificuldades, dos problemas. João 16.33
O Senhor nosso Deus está conosco no meio das maiores tempestades da vida. Isaias 43:1-4

Exemplo: O apóstolo Paulo, no meio de uma tempestade em que o navio estava à deriva a quatorze dias, ele se levantou e disse: “Bom ânimo…” (Atos 27.21-25).
No meio das provações Deus nos sustenta com a sua mão forte e poderosa. Isaías 41:10
Quem tem convicção de fé mantém o seu relacionamento com Deus mesmo em meio às mais terríveis provações. Habacuque 3:17-18

3 – A convicção de fé no Senhor nos enche de coragem.
A convicção de fé no Senhor nos enche de coragem para permanecermos firmes e inabaláveis.
O que fez Davi enfrentar o gigante Golias, foi a sua  convicção de fé no Senhor 1 Samuel 17.45.
Deus nos diz para sermos fortes e corajosos. Josué 1:7
A convicção de fé nos enche de coragem para sermos diferentes, viver de forma diferente e  compromisso para fazer a diferença.

Exemplo: Sadraque, Mesaque e Abdnego, diante da estátua de ouro do rei Nabucodonosor, quando todos se curvaram até o chão; com convicção eles mantiveram-se de pé firmes na fé no Senhor (Daniel 3.9-28).
A convicção nos leva ao compromisso de servimos somente o Senhor nosso Deus, sem jamais negociar a nossa fé, sem jamais voltar atrás.

4 – Quem tem convicção de sua fé no Senhor não retrocede.
Todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a salvação da alma” Hebreus 10:38,39.
Retroceder é para os medrosos, o covardes… (Juízes 7.3).
Os medrosos não entrarão no céu (Apoc. 21.8).
 “Jesus respondeu: “Ninguém que põe a mão no arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus” (Lucas 9:62).

O que o Senhor Jesus espera é que perseveremos firmes na fé até o fim. “Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo” (Mateus 24.13).

5 – A convicção da fé em Jesus nos faz cumprir com excelência a visão celestial.
A nossa convicção de fé deve ter como base uma visão clara da pessoa de Jesus ressuscitado.

Exemplo: O apóstolo Paulo, por causa uma visão muito clara de Jesus, teve a sua vida transformada, o seu ministério definido, ao qual ele dedicou toda a sua vida, cumprindo com excelência o chamado do Senhor Atos 26.13-19.
Temos que viver com os pés aqui na terra, o coração e os olhos na cidade na Nova Jerusalém (Apoc. 21.2).

6 – Quem tem convicção de fé em Jesus sabe que está eternamente seguro.
Jesus dar segurança eterna a todos os que nele confiam pela fé. Em Jesus você está salvo eternamente. João 5:24
As ovelhas de Jesus estão eternamente seguras. João 10.27,28
Quando você conhece bem o Deus que você serve, você tem convicção de sua fé, ela se torna inabalável. 1 Co. 15:58
O apóstolo Paulo declarou: “Eu sei em quem tenho crido…” 2 Tim. 1:12

7 – Quem tem convicção de sua fé em Jesus cumpre cabalmente o seu ministério.
 A nossa vida só faz sentido se for para cumprir o propósito e o ministério que recebemos do Senhor Jesus Cristo. Atos 20:24
Com convicção devemos combater o bom combate, completar a nossa carreira e guardar a fé. 2 Tim. 4:7,8
Melhor do que começar bem, é terminar bem, aprovado em Cristo.

CONCLUSÃO
Você tem uma convicção de sua fé em Jesus?
Você está disposto a viver e morrer por Jesus, se assim for preciso?

Tenha convicção profunda de sua fé em Jesus, porque a boa obra que Ele começou em sua vida será completada. “Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós é fiel para completá-la até ao Dia de Cristo Jesus.” (Fil. 1.6) Persevere firme na fé até o fim. Aleluia! Amém!

*ESTUDO 03
Semana de Imersão de 24 a 29 de Outubro de 2016
Vivendo em Plenitude - Paróquia Betesda IEC

HÁ UM RIO

Salmos 46.4-7 / Ezequiel 47.7-12

Introdução: Em Jerusalém havia um tanque de água que se chamava Betesda. O evangelho de João capítulo 5 diz que de tempo em tempo, descia um anjo do céu e movia as águas deste tanque. No tanque de Betesda, é o lugar onde Jesus encontrou um homem que sofria a 38 anos de sua enfermidade, 38 anos esperando nesse tanque que alguém o lançasse, mas, não aconteceu.
Muitas pessoas que estão dentro da igreja, (e isso é o que precisa mudar urgentemente) parecem com este tanque de Betesda. De vez em quando vem um mensageiro e move as águas, prega uma palavra, e ele sai com vida dos cultos, cheio de fé e entusiasmo. Porém, não passa de algo esporádico, um evento que veio e se foi. Isso é um resumo dos nossos cultos em muitos lugares espalhados pela terra. Milhares de pessoas buscando algo verdadeiro, porém não conseguem viver a consistência do evangelho verdadeiro. Fazem do culto apenas um lugar de encontro, de desfile de roupa e querem ouvir uma pregação que lhe agrada os ouvidos. Porém se esquecem que o culto não é para eles, mas para Deus. Por isso saem vazios ou quando são tocados por Deus aquele avivamento não permanece.

1 – Existe um Rio. (Salmos 46:4)
No livro de Ezequiel 47 o profeta viu um Rio que descia do trono de Deus e esse Rio tinha vida e esse Rio visita as águas do Mediterrâneo – Fazendo uma pesquisa mais profunda nas raízes Hebraicas – Para saber o que exatamente o profeta queria dizer quando afirma o versículo 8 “Estas águas entram no mar morto e ficará saudável…”
Este Mar Morto fica no Mediterrâneo, e está a 400 metros abaixo do nível do mar – Este rio é tão salgado que não há nenhum ser vivo ali, as pessoas flutuam. Não há vida neste rio. E o profeta afirma que entrando este Rio vindo de Deus, neste rio morto, aquelas águas ficam saudáveis. Tudo que entrava no rio de Deus vive!
Não é um RIO qualquer, o Espírito Santo está querendo que nós entendamos, que o Rio que ELE vai fazer passar por aqui é uma torrente poderosa e que ninguém poderá resistir! Você está pronto para mergulhar neste RIO quando ELE passar? Jesus falou deste Rio – Jo 7:37-39a – Jesus compara o Espírito Santo a um Rio que flui seu interior.
Na Bíblia, o Espírito Santo se revela de diferentes formas:
·         O Espírito Santo veio em forma de pomba sobre Jesus – Mc 1:10;
·         Como fogo, vento - At 2:2,3
·         Como chuva tardia, como azeite, como Rio, uma nuvem que Israel seguia no deserto.
Não importa como Ele se manifesta, sabemos que é o mesmo Espírito! Às vezes vemos as pessoas chorando na hora das ministrações, outros ficam prostrados, outros sentem como uma brisa que toca seu rosto. Há um Rio, que corre e todos devem beber desta água viva. Crer em Jesus te leva a uma fonte de água. Ter sede do Espírito Santo te leva ao seu Rio.

2- Existe um Rio cheio de vida.
É um Rio que tem o poder curador para que todos os que entrarem nesse Rio receba vida. Ele traz cura, milagres, tem o poder de multiplicação, traz abundância. Nesta noite o Rio de Deus irá passar por nós e nos levará a outro nível. A multiplicação não é uma estratégia, a multiplicação é resultado deste Rio. O Salmo 23 diz que o bom pastor leva suas ovelhas ao Rio de águas tranqüilas, porque lá elas se multiplicam. Quando você está no Rio de Deus, tudo prospera. (Salmo 1.1-3).
Você crer que Jesus quer te levar a fonte? Ele é a fonte! Mas você precisa ter sede! Mas sabe o que é ter sede? É um desejo insaciável, que não se detêm. Isso é sede!
Este Rio te mantém cheio de vigor todo o tempo e o tempo todo, porque quando você está plantado junto ao Rio, durante todo o ano estará cheio de vigor. Deus transformará o seu tanque em um Rio.

3- Existe um Rio cheio de vida, vou me lançar nele - Ez 47
O texto nos diz como o profeta entrou no Rio – A cada mil côvados Ele chamava o profeta a um nível mais profundo. Este profeta começou caminhando 450 metros, algumas pessoas começam caminhando como este Rio, mas dão 10 passos e voltam atrás, DESISTEM. Caminhar com as águas pelos tornozelos não é fácil. Ele caminhou quase meio quilometro. Isso significa caminhar com o Espírito Santo. O Plano de Deus é que você tenha um caminhar com Ele até chegar a um nível mais profundo.
Ter tempo de comunhão diária com Deus, representa águas pelos joelhos. Não é orar apenas um dia, não é orar uma semana, ou antes de alguma decisão, ao acordar ou para dormir. Devemos orar, porque amamos a atmosfera divina, porque dependemos Dele, porque amamos  a Ele, sabemos que a sua presença nos basta.
O profeta andou mais mil côvados e as águas davam nos lombos. Águas nos lombos significa força, é um nível que você precisa usar mais força. Força de vontade, ter atitude, persistência.
No próximo nível o profeta precisou passou nadando. Nadar em um Rio é diferente de nadar em uma piscina, as águas do rio te levam. Não é mais você que conduz, mas é um nível de rendição total. Não é um rio manso, mas, uma torrente de águas corredeiras. E este Rio, se chama Espírito Santo. Ele quer nos levar a ter mais intimidade com Deus.

Conclusão
Você não pode dizer a Ele o que fazer, Ele te diz o que deve fazer. Se reder a esse Rio. É como a águia, ela quando quer subir as alturas, não fica batendo as asas, se esgotando, usando suas forças, ela busca a corrente do vento e quando a encontra se rende e é levada as alturas. É hora de se render e deixar o Rio te levar. Assim como o vento sopra onde quer, você o escuta, mas não pode dizer de onde vem nem para onde vai. Assim acontece com todos os nascidos do Espírito”. João 3:8.
Hoje não existe mais aquele tanque de Betesda, mas Paróquia Betesda que tem sido o Rio de Deus em Olinda, você esta disposto a viver milagre? Prodígios? Maravilhas? Mergulhe neste Rio... Experimente águas mais profundas’.

* ESTUDO 02
Semana de Imersão 24 a 29 de Outubro de 2016
Vivendo em Plenitude - Paróquia Betesda IEC

UM VASO ESCOLHIDO

Leia 2 Reis 4.1-7 e Atos 9.15

Introdução: Aqui nós temos uma viúva cujo marido morreu devendo dinheiro, ela não tem uma fonte de renda e os credores agora estão batendo na porta exigindo pagamento ou vão levar os filhos como escravos.

Olhando para nossa sociedade, podemos ver uma situação semelhante: o mundo está batendo à nossa porta, em um espirito credor ameaçando levar a nossa família para ser escravos…escravos de drogas, álcool, promiscuidade sexual, identidade perdida, destruindo os relacionamentos, levando a ser oprimidos e depressivos, e a única coisa que pode impedir os credores levar os filhos, assim como nessa história da viúva, é óleo.

O profeta pergunta: O que você tem em casa? Veja bem, o que você tem em sua casa pode trazer o milagre para sua casa ou pode impedi-lo.
O que o óleo representa? O Espirito Santo

O que você tem em sua casa? Sua casa é lugar da presença de Deus? Um lugar de milagres? Uma atmosfera do sobrenatural? Ou é um lugar de confusão, brigas, falta de amor...
A mulher falou que tinha apenas uma botija de azeite… Isso é suficiente, é tudo que precisa… Só falta uma coisa… O que faltou? Vasos!

1.      Deus é o Oleiro – Nós somos o vaso
Leia Gênesis 2.7 e Isaias 64.8 e responde as perguntas:
O que o vaso representa? O  homem
Quem formou esse vaso? Quem é o oleiro? Deus
De acordo com Jeremias 18.1-6, O que Deus pode e quer fazer com as nossas vidas?

2.      Óleo não é o problema – Precisa de um vaso
Quando acabou o óleo? O óleo parou somente quando acabaram os vasos
Enquanto há um vaso, haverá óleo! Deus tem um estoque infinito, nunca está em falta.O problema é que limitamos a ação de Deus em nossas vidas.
Perceba que a falta de vaso limita o milagre. Pensamos pequeno, modesto... esquecemos do poder do nosso Deus!

Vejamos em Atos 2.16-18. Quanto mais você dá do seu vaso para Deus, mais óleo Ele vai te dar…
O propósito do homem como um vaso é ser cheio do Espirito Santo de Deus.

A garrafa de Coca Cola existe para um propósito: conter Coca-cola, mas às vezes pessoas colocam outras coisas dentro da garrafa (água, detergente, óleo da cozinha…) que engana e até pode apresentar perigo. Na mesma maneira, quando Deus nos enche com o Seu Espirito, isso é maravilhoso, cumprindo o propósito, pois fomos feitos para ser cheios do Santo Espirito. Cuidado com o que você está enchendo o seu “vaso”.
A presença do Espirito Santo em nossas vidas é o que dá valor para nosso “vaso”.
Tudo que Deus quer é um vaso… Se dermos a Ele um vaso, Ele nos dará a Sua unção…

3.    Um vaso esvaziado
O que significa ser um vaso esvaziado?  É uma remoção das coisas que estão ocupados espaço de Deus. Precisa esvaziar da religiosidade, do ego, das obras da carne... do pecado. (Mat. 23.23-27, Tiago 1.26, Marcos 8.34-35; João 3.30 e Gal. 5.24). Deus derrama o Seu óleo onde Ele encontra vasos vazios suficientes para recebê-lo.

O problema não é que você não é um pregador carismático, ou nunca estudou num seminário, ou que você tem ou não tem isso ou aquilo… O problema não é Deus, ou o óleo… O problema são vasos cheios de si mesmo, sujos e cheios de coisas desse mundo, misturando alianças com coisas desse mundo… Não tem espaço para o óleo de Deus.
Se você vier a Ele como um vaso esvaziado, pedir para Ele remover tudo que está tomando espaço, tudo que não é como Ele, os pensamentos, atitudes, palavras e ações, então Ele pode te encher com um fluir incansável do Seu óleo, e você seráuma fonte sem fim.

4.    Um vaso limpo
Paulo usa a ilustração de uma casa grande que tem vários tipos de vasos. Os vasos de ouro e prato são mantidos limpos e polidos para que possam ser usados para momentos de honra, enquanto os vasos de madeira e barro são usados para momentos de desonra, tipo lixeira. 2 Tim. 2.20-22,
Deus usa vasos pequenos, vasos simples e até vasos quebrados. Mas Ele não usa vasos sujos.Deus quer nos usar como vasos de honra.

5.    Um vaso disponível
Deus convocou Isaias e ele não deu desculpas, não pediu tempo para aprender ou receber um dom ou desenvolver talento. Ele viu que o Senhor estava procurando um vaso. A única qualificação de Isaias era ser disponível. Isaias 6.1-8
A questão não é se há óleo, pois o óleo vai fluir e vai multiplicar, a questão é se há um vaso disponível.
Nós somos o corpo de Cristo, somos o vaso. Os anjos não vêm para pregar um sermão. O Espirito Santo não vai evangelizar, não vai para o campo missionário, não vai plantar igrejas, não vai multiplicar os cultos, as semana de imersão...  Mas se Ele achar um vaso disponível, Ele fará melhor que tudo isso!
Ele está procurando um vaso que está disposto. Você é a resposta para essa geração, para libertar e livrar da divida. Você está disponível?

6.    Um vaso escolhido
Em Atos 9.15 vemos Deus chamando Paulo de escolhido! Nós também somos vasos escolhidos, designados para ser usados e enchidos pelo Espirito Santo. Como vasos escolhidos de Deus, somos projetados para ser cheio dEle, não para status, prazer ou para aumentar alto estima. Maspara a boa obra que Deus já preparou. 2 Tim 2.21; Ef. 2.10.

Quando sentir que não é bom suficiente, ou tiver duvida do chamado, lembra-se:“Visto que, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por meio da sabedoria humana, agradou a Deus salvar aqueles que crêem por meio da loucura da pregação.Os judeus pedem sinais miraculosos, e os gregos procuram sabedoria;nós, porém, pregamos a Cristo crucificado, o qual, de fato, é escândalo para os judeus e loucura para os gentiosmas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, Cristo é o poder de Deus e a sabedoria de Deus.Porque a loucura de Deus é mais sábia que a sabedoria humana, e a fraqueza de Deus é mais forte que a força do homem.Irmãos, pensem no que vocês eram quando foram chamados. Poucos eram sábios segundo os padrões humanos; poucos eram poderosos; poucos eram de nobre nascimento.Mas Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios, e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes.Ele escolheu as coisas insignificantes do mundo, as desprezadas e as que nada são, para reduzir a nada as que são,para que ninguém se vanglorie diante dele.É, porém, por iniciativa dele que vocês estão em Cristo Jesus, o qual se tornou sabedoria de Deus para nós, isto é, justiça, santidade e redenção,para que, como está escrito: "Quem se gloriar, glorie-se no Senhor".1 Coríntios 1:21-31
“Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o corpo de vocês.” 1 Coríntios 6:20

Conclusão
Deus quer alcançar a cidade de Olinda e usar você como Seu vaso – Hab 2.14
O óleo está procurando um vaso, um vaso esvaziado, limpo e disponível, pois você já foi chamado e escolhido.
Quem quer ser cheio do óleo do Senhor? Ele vem para te encher aqui agora! Esvazie-se...

*Estudo 01
semana de imersão 24 a 29 de Outubro de 2016
Vivendo em Plenitude - Paróquia Betesda IEC

terça-feira, 12 de abril de 2016


30 PROMESSAS DA BÍBLIA

30 PROMESSAS DA BÍBLIA PARA CONFIAR EM DEUS NOS MOMENTOS DE CRISE, DEUS PROMETE:


1 - CUIDAR DE VOCÊ: “Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?” Mt 6.26

2 - SUPRIR SUAS NECESSIDADES: “Os leõezinhos sofrem necessidade e passam fome,porém aos que buscam o Senhor bem nenhum lhes faltará.” Sl 34.10


3 - SUPRIR O QUE VOCÊ PRECISA NO DIA DE HOJE: “O pão nosso de cada dia dá-nos hoje.” Mt 6.34

4 - GUIAR SUA VIDA: “O Senhor é o meu pastor; nada me faltará.” Sl 23.1


5 - DAR-TE SONO E DESCANSO: “Em paz me deito e logo pego no sono, porque, Senhor, só tu me fazes repousar seguro.” Sl 4.8

6 - DAR-TE FORÇA: “Mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam.” Is 40.31

7 - DAR-TE SUA PAZ: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” Jo 14.27

8 - DAR-TE UMA NOVA PERSPECTIVA DE VIDA: “Então, lhes recomendou: Tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui” Lc 12.15

9 - NÃO LHE ABANDONAR: “O Senhor é quem vai adiante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te atemorizes.” Dt 31.6

10 - SER O SEU AUXÍLIO: “Assim afirmemos confiantemente: O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá fazer o homem” Hb 13.6

11 - SUA PROTEÇÃO CONTRA INIMIGOS: “Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?” Rm 8.31

12 - TRABALHAR PARA SEU BEM: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” Rm 8.28

13 - DAR-TE SABEDORIA: “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.” Tg 1.5

14 - DIRIGIR SUA VIDA: “Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas”. Pv 3.5,6

15 - RESPONDER SUAS ORAÇÕES: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á.Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe-á.” Mt 7.7,8

16 - DAR-TE CONFORTO PARA VOCÊ CONFORTAR OUTROS: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação! É ele que nos conforta em toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus.” 2 Co 1.3,4

17 - DAR-TE ALEGRIA: “Mais alegria me puseste no coração do que a alegria deles, quando lhes há fartura de cereal e de vinho”. Sl 4.7

18 - SATISFAZER SEUS DESEJOS MAIS PROFUNDOS: “Agrada-te do Senhor, e ele satisfará os desejos do teu coração”. Sl 37.4

19 - HONRAR SUA CONFIANÇA NELE: “E ele lhes respondeu: Por causa da pequenez da vossa fé. Pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele passará. Nada vos será impossível”. Mt 17.20

20 - SER SEU REFÚGIO NA MAIOR LUTA E PROBLEMA: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. Portanto, não temeremos ainda que a terra se transtorne e os montes se abalem no seio dos mares; ainda que as águas tumultuem e espumejem e na sua fúria os montes se estremeçam”. Sl 46.1-3

21 - DAR-TE UMA NOVA PERSPECTIVA DE VIDA:“Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez.” Fp 4.11,12

22 - ENSINAR-TE O PRINCÍPIO DO “CONTENTAMENTO”: “De fato, grande fonte de lucro é a piedade com o contentamento. 7 Porque nada temos trazido para o mundo, nem coisa alguma podemos levar dele. 8 Tendo sustento e com que nos vestir estejamos contentes.” 1 Tm 6.6,7

23 - LIBERTAR-TE DA AVAREZA (O AMOR AO DINHEIRO): “Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. 10 Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores”. 1 Tm 6.8,9

24 - ARRANCAR DO SEU CORAÇÃO AS PRIORIDADES TERRENAS: “Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam; porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.” Mt 6.19-21

25 - ENSINAR-TE A IMPORTÂNCIA DA GENEROSIDADE: “Exorta aos ricos do presente século que não sejam orgulhosos, nem depositem a sua esperança na instabilidade da riqueza, mas em Deus, que tudo nos proporciona ricamente para nosso aprazimento; 18 que pratiquem o bem, sejam ricos de boas obras, generosos em dar e prontos a repartir; 19 que acumulem para si mesmos tesouros, sólido fundamento para o futuro, a fim de se apoderarem da verdadeira vida.” 1 Tm 6.17-19

26 - FAZER CRESCER SUA FÉ: “Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes”. Tg 1.2-4
27 - LEVAR-TE A UM PROFUNDO RELACIONAMENTO COM ELE: “Converteste o meu pranto em folguedos; tiraste o meu pano de saco e me cingiste de alegria, para que o meu espírito te cante louvores e não se cale. Senhor, Deus meu, graças te darei para sempre”. Sl 30.11.12 

28 - PROSPERAR SEU TRABALHO: “Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos! Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem.” Sl 128.1,2

29 - ENSINAR-TE O TEMPO DAS COISAS: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu: tempo de buscar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de deitar fora.” Ec 3.1,6

30 - SER CONTIGO: “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel.” Is 41.10

Mc. Marcel RMSS
Ministro Comissionado da Igreja Episcopal Carismática - Paróquia Betesda

quinta-feira, 3 de março de 2016

Semana Santa - Paróquia Betesda


Há acontecimentos na vida que são capazes de mudar tudo à nossa volta, na verdade, as consequências desses eventos únicos têm tamanho impacto que dividem a história da humanidade entre o ANTES e DEPOIS! A Morte e Ressurreição de Jesus Cristo superou todos estes eventos. Por isso, na SEMANA SANTA não falte a nenhum destes dias especiais e viva a PÁSCOA de adoração, louvor, comunhão e crescimento espiritual!


20 março - 18h30 - Domingo de Ramos 2016 - Culto Eucarístico


22 março - 14h - Terça-feira - Virando a Mesa

23 março - 20h - Quarta-feira - Brasa, Pão e Peixe

24 março - 20h - Quinta-feira - Lava Pés e Ceia

25 março - 20h - Sexta-feira - Está Consumado

26 março - 08h - Sábado - JOB (Jejum, Oração e Bênção)

27 março - 06 da manhã / 18h30 Domingo - Culto da Ressurreição 


Ele Vem Andando sobre as Águas...

TEXTO BASE: Mateus 14.22:33

INTRODUÇÃO:
Depois de passar dias pregando o evangelho, fazendo milagres e atendendo e alimentando milhares de pessoas, Jesus manda seus discípulos entrarem em um barco e atravessarem o mar da Galileia, enquanto ele ficava em terra firme para ter alguns momentos a sós com Deus. Então, os doze discípulos atendem ao pedido do Senhor e começam a viajar sem Ele. Já no meio do caminho, durante a madrugada, os ventos começam a agitar o mar e eles são tomados pelo medo. Se não fosse o bastante, os discípulos avistam, de longe, algo que lhes parecia ser um fantasma.

DISCUSSÃO:
Por conta de sua pequena fé, aquele grupo de homens não conseguiu distinguir a presença de Jesus de uma assombração que parecia caminhar sobre as águas. Vejamos alguns pontos interessantes dessa passagem bíblica e o que podemos aprender com esse episódio:

1) Jesus ordenou seus homens a entrarem no mar sem Ele (v.22,23)
Pode parecer, em primeiro momento, que Jesus havia colocado os seus discípulos numa situação bem difícil. Aqueles homens poderiam pensar; Jesus sabia que passaríamos por essa tempestade e, mesmo assim, nos abandou. Só que, é claro que o Mestre nunca faria nada de mal com aqueles que Ele mesmo escolheu. Jesus não abandona os Seus filhos em nenhuma situação (Mateus 28:20). Ele pagou um preço muito alto por nossas vidas naquela cruz e, por causa desse amor, não nos deixa nunca. Se Ele nos manda enfrentar uma situação complicada, como fez com os discípulos, é para que Sua glória se manifeste em nossas vidas.

2) Jesus andando sobre as águas (v.25,26)
Mesmo depois de presenciarem tantas maravilhas, os doze discípulos pareciam não estar acostumados com o sobrenatural na vida de Jesus. Tanto é verdade que, no meio daquela tempestade, eles pensaram ter visto um fantasma e não conseguiram reconhecer que era Jesus andando sobre as águas. Em Marcos 6:52 explica o porquê de tanto medo: "Pois não tinham entendido o milagre dos pães. Seus corações estavam endurecidos".

E nós não somos nem um pouco diferentes dos discípulos! Quantas vezes abrimos mãos do livramento sobrenatural de Jesus e decidimos esperar que as coisas naturais (como um aumento do salário, um emprego melhor, uma ajuda qualquer) nos salvem de alguma situação complicada? Não podemos deixar que nosso coração endurecido cegue os nossos olhos e nos impeça de ver Jesus caminhando sobre as tribulações, em nossa direção.

3) Jesus pede para termos bom ânimo em meio às tempestades (v.27)
Ao perceber que seus discípulos estavam apavorados com aquela difícil situação, Jesus poderia ter dito a eles muitas palavras de conforto. No entanto, Ele preferiu usar duas frases bem curtas, mas que fizeram toda a diferença para aqueles homens: "tenham bom ânimo" e "não temas". Quando conseguimos manter o bom ânimo em uma situação difícil e não ficamos com medo dela, nos tornamos vencedores, pois mostramos ao problema quem é o nosso Deus. Mostramos que os nossos caminhos estão em Suas mãos e que confiamos em Seu cuidado.

4) Jesus quer nos ver andando sobre as águas (v.28-33)
Ao convidar Pedro para andar sobre as águas, Jesus mostrou que é possível vencer a barreira do sobrenatural. Basta que:

- Fixemos os nossos olhos Nele - Se estivermos focados em Jesus, o sobrenatural vai acontecer. Porém, se fizermos como Pedro (que se atentou para o vento que batia em seu rosto), daremos atenção às circunstâncias e começaremos a afundar.

- Tenhamos fé - "Homem de pequena fé, por que duvidaste?", disse Jesus a Pedro depois de socorrê-lo. Muitas vezes duvidamos do poder de Deus enquanto estamos andando sobre as águas, e acabamos afundando. Se Jesus te chamou para andar sobre um mar de problemas, de dificuldades, encha-se de fé e vá, pois só assim você atravessará esse mar de situações desfavoráveis.

CONCLUSÃO:
Por mais violenta e assustadora que uma situação possa parecer, não se esqueça que Jesus está lá, andando sobre as águas, para te socorrer. Então, tenha fé, bom ânimo e não temas, pois o Mestre já decretou a sua vitória.

PARA REFLETIR:
- Você se encontra em meio a alguma tempestade?

- As dificuldades têm feito com que você não consiga reconhecer Jesus andando sobre as águas?


- Você tem bom ânimo e fé suficientes para enfrentar um mar de problemas e ir de encontro com o sobrenatural de Deus?

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

12º Dia - 12 Dias de Jejum e Oração

José é empossado governador do Egito: liderança aprovada.

CLAMOR PELA LIDERANÇA
“E esta palavra foi boa aos olhos de Faraó, e aos olhos de todos os seus servos. E disse Faraó a seus servos: Acharíamos um homem como este em quem haja o espírito de Deus?(...) Disse mais Faraó a José: Vês aqui te tenho posto sobre toda a terra do Egito.(...) E saiu José da presença de Faraó e passou por toda a terra do Egito” (Gn 41.37-46).

MEDITAÇÃO

José foi traído e abandonado. Enfrentou adversidades longe das pessoas que ele amava, mas, permaneceu leal a Deus. Tudo parecia ir à direção oposta do sonho que teve ainda menino. Até o dia em que percebeu que para viver os sonhos de Deus, seria preciso estar no centro da vontade de Deus. Sua vida passou a ser uma verdadeira parábola de liderança e, nos faz lembrar três princípios que devem nortear a vida de todos os que desejam influenciar pessoas e serem bons lideres.

  1. A obediência gera visão, honra e credibilidade. Todas as vezes que José era requisitado, estava pronto para obedecer. Era um homem resolvido. Ao obedecer, somos estimulados a ter uma fotografia do futuro (visão). Quando não se tem visão qualquer direção serve, quando não há metas qualquer resultado é bom, e quando não há alvo a mediocridade fará parte de sua vida. Por ser um homem resolvido, José sabia obedecer e por isso tinha visão e, com ela teve honra e a credibilidade. Depois de ouvir o jovem, Faraó o honra diante de todos e confirma a todos o que ele já tinha adquirido por conta da obediência: credibilidade.

  1. Maturidade para tirar lições das adversidades. Foi o próprio José que disse: “Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém Deus o tornou em bem, para fazer, como vedes agora, que se conserve muita gente em vida” (Gn 50.20). Não precisamos questionar os motivos que nos leva ao abandono, prisão e esquecimento, mas, o que podemos aprender diante do abandono, na prisão e no esquecimento. Isto demonstra maturidade.

  1. Humildade para depender de Deus. José sabia da sua origem e, reconhecia que Deus estava com ele. Paulo disse que Deus nos dá espírito de sabedoria, poder, amor e moderação (2Tm 1.7). Só é possível adquirir sabedoria de Deus quando se tem humildade (1Pe 5.5) e, só é possível demonstrar sabedoria quando atuamos com mansidão (Tg 3.13). Portanto, quem depende de Deus é porque teme a Ele e, só os que conseguem temer são capazes de aprender a serem sábios e humildes (Pv 15.33).

Precisamos ir até Jesus e desfazer toda a “carga” e receber o descanso dele para aprender com ele o caminho da obediência, da maturidade e da humildade, para estarmos no centro da vontade de Deus. Não permita que nenhuma raiz de amargura cresça e prejudique tanto você quanto as pessoas ao seu redor (Hb 12.15), mas busque ter paz com todos e se esforce para viver uma vida completamente dedicada a Deus (Hb  12.14), como foi o caso de José.

MOTIVOS DE ORAÇÃO

1. Ore pedindo a Deus que lhe mostre qual o seu ministério.
2. Ore pedindo a Deus força, sabedoria e coragem para assumir responsabilidade.
3. Ore pedindo a Deus que lhe prepare para ser honrado.

CONSAGRAÇÃO

Jejum sugerido: Abster-se de Café e derivados e refrigerantes. Procure ter uma alimentação saudável. Busque ao Senhor, alimente-se espiritualmente e prepare-se para a vigília mais tarde.

“Medita estas coisas, ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos” 1 Timóteo 4.15