terça-feira, 12 de janeiro de 2016

7º Dia - 12 Dias de Jejum e Oração

José tem a sabedoria de Deus!
CLAMOR PARA DESENVOLVERMOS HÁBITOS SAUDÁVEIS

“Então, o copeiro-chefe contou o seu sonho a José(...). Então, lhe disse José: Esta é a sua interpretação...” (Gn 39.9 e 12). “Depois, disse Faraó a José: Visto que Deus te fez saber tudo isto, ninguém há mais ajuizado e sábio como tu. Administrarás a minha casa...” (Gn 41.30, 40).

MEDITAÇÃO

José foi uma pessoa exemplar na história dos israelitas. Cultivou virtudes essenciais e serve de exemplo para a vida de qualquer cristão que vive neste século. Ao passar pelas lutas e circunstâncias adversas aprendeu a depender da graça de Deus e a esperar em livramentos vindos do alto. Três pontos na vida de José indicam o caminho para uma vida marcada por hábitos espiritualmente saudáveis:

  1. Crer no propósito de Deus em qualquer situação. O ambiente vivenciado por José na prisão poderia fazer aguçar sentimentos carnais como o ódio, a vingança e o ressentimento (Gl 5.16-21), os quais poderiam fazê-lo infeliz e impedi-lo de enxergar o plano glorioso que o Soberano Deus tinha para sua vida (Gn 50.20). Ao contrário aquele ambiente hostil e punitivo fê-lo depender de Deus e confiar em sua provisão.

  1. Praticar a oração de entrega. Privado da liberdade José precisou aprender a administrar a ansiedade (Mt 6.25-34). Certamente tinha sonhos e gostaria muito que as oportunidades surgissem para que eles fossem realizados. A Bíblia recomenda a todos os filhos de Deus a não viver sob a pressão da solicitude. Paulo recomendou a prática da oração como remédio para esse mal (Fl 4.6 e 7).

  1. Seguir a Palavra de Deus com fidelidade. José, como uma pessoa temente a Deus não criou nenhum mecanismo para burlar as circunstâncias ou levar vantagem dentro daquela situação. A cultura do “jeitinho” não fazia parte de seu modus vivendi. Sabia que Deus era soberano e que todas as coisas estavam sob o seu comando (Sl 139). Portanto confiava irrestritamente em suas promessas.

Como servos e servas de Deus precisamos buscar a sabedoria divina (Tg 1.5 e 6; 3.17). Com ela tomaremos decisões acertadas e poderemos realizar a vontade de Deus através de nossas vidas (Rm 12.1 e 2). Quando somos norteados pela sabedoria do Alto, então todas as nossas experiências serão revestidas de significado e propósito (Rm 8.28).

MOTIVOS DE ORAÇÃO

1. Ore pedindo a Deus sabedoria (como José e Salomão)
2. Ore pedindo a Deus habilidades para crescer saudável em espírito e vida secular.
3. Ore ao Senhor pedindo sabedoria e habilidade para alcançarmos vida para Jesus (Evangelizar).

CONSAGRAÇÃO

Jejum sugerido: Hoje é dia de abster-se de todo tipo de carne. (frango, bovina, suína e etc.).


“com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança...” Efésios 6.18.

Nenhum comentário:

Postar um comentário