quinta-feira, 5 de maio de 2011

Interessante como as pessoas se incomodam com som da Igreja, seja no louvor, sermão, oração, independente de denominação vejo as Igrejas sofrerem com isso! (algumas até extrapolam no som). Mas vejo as Igreja se levantarem em oração pelos que incomodam a Igreja! 
"Os zombadores agitam a cidade, mas os sábios a apaziguam. Se o sábio for ao tribunal contra o insensato, não haverá paz,  pois o insensato se enfurecerá e zombará." Salmos 29:8e9 

Um comentário:

  1. Acredito que você tem razão, inclusive vivenciamos isso na Betesda naquela quarta-feira em que estive lá, dia 27. Não pelo barulho, graças a Deus, mas para tirar um carro que supostamente estava atrapalhando, obstruindo a entrada/saída da garagem de alguma casa ou edifício, e na verdade, o carro não pertencia a irmão algum. Concordo que devemos nos unir em oração pelos que incomodam as igrejas, mas devo admitir que há um certo abuso por parte de certas 'instituições', não falo mais especificamente de denominações, mas há pouco presenciamos um problema na justiça com uma determinada igreja que colocava dois caixas de som enormes fora da igreja, que indiscutivelmente, incomodavam. Devemos fazer a obra do Senhor com ordem e decência. Gosto muito do pentecoste, eu sou pentecostal, mas como cidadãos, não podemos deixar de respeitar os limites que nos são impostos, antes isso a ter que sofrer uma coerção. De qualquer modo, não nego o evidente: Somos perseguidos. É que Satanás não suporta ver o evangelho tomar espaço, não suporta ver-nos adorando a Deus em espírito e em verdade. Mas, e daí? Enquanto ele tenta nos deter, mostraremos a ele que somos ungidos pelo sangue de Jesus e nenhuma arma levantada contra nós, prosperará. Esmagaremos a cabeça da serpente e triunfaremos na autoridade do nome de Jesus, porque só o nosso Deus é Deus!

    Fica na paz, querido,
    Débora Andrade.

    ResponderExcluir