quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

O Jejum é uma maneira de demonstrar a Deus e a você mesmo que você leva a sério seu relacionamento com Ele. Jejuar ajuda você a ganhar nova expectativa e uma renovada confiança em Deus.

Apesar do jejum nas Escrituras estar quase sempre relacionado à comida, existem utras maneiras de jejuar. O jejum é um sacrifício pessoal, você pode abrir mão temporariamente de uso da internet, redes sociais, tv, revista, lazer, etc para que você se concentre em Deus, isso pode ser considerado um jejum (I Coríntios 7:1-5). O jejum deve ser limitado, ter tempo determinado com começo e fim, principalmente quando o jejum é de alimento. Longos períodos sem comer fazem mal ao corpo. O jejum não é uma dieta para perder peso, mas para ter um relacionamento mais profundo com Deus.

Abaixo descrevo alguns passos que a Bíblia nos ensina sobre o jejum que agrada a Deus. Você terá o seu tempo com o Senhor mais significativo e espiritualmente mais rico:

Organize-se – Jejuaremos 12 dias, de 04 a 15 de Janeiro. Separe alguns materiais que você poderá usar durante o jejum como: hinário, Bíblia com comentários, estudos Bíblicos, CD’s de louvores e etc.

Tempo – Estipule um tempo, 30min, 40 min, 1 hora para: Louvar, Orar e Meditar na Palavra. Este tempo deve ser exclusivo para Deus! Procure um lugar reservado, calmo, que te mantenha concentrado no propósito de buscar a Deus. Se possível tenha este momento nos três períodos: Manhã, Tarde e Noite. Procure preencher seu tempo vago com as coisas de Deus!

Seja sábio! Não abandone sua família ou parentes... Peça a Deus estratégia e você manterá a harmonia familiar e seu jejum agradará a Deus!

Defina o seu Propósito – Cada dia teremos um propósito indicado, mas também você deve ter o seu propósito pessoal! Peça ao Espírito Santo que mostre claramente direção e os objetivos para o seu jejum e oração.

Procure investir cada dia mais o tempo com o Senhor. Procure ser melhor do que ontem! Se ontem conseguir ter 40min, hoje vou tentar passar mais de 40min com Deus!



CLAMANDO NO APOCALIPSE

     Passado, presente e futuro estão desnudos diante das páginas misteriosas do livro das revelações!

     A principal e mais contudente revelação é a Soberania divina nos fatos e circunstâncias da existência humana e o seu controle absoluto sobre tudo o que acontece com e a partir das igrejas locais, afinal Jesus ‘‘... é aquele que era, que é e que há de vir...’’ Aquele que ‘‘... e o Soberano dos reis da terra’’ (1.4-5). Ele tem ‘‘...o poder para todo sempre!’’ (1.6); E Ele ‘‘...é o Alfa e Ômega... o Todo Poderosos’’ (1.8). Ele caminha entre as Igreja e possui os pastores das mesmas, em suas mãos (1.20; 2.1). Ele conhece tudo (2.2) e promete bênçãos variadas.

     Vamos clamar pelas promessas feitas aos vencedores. Certamente, haverá um dia, quando da eternidade com Deus, em que tudo será revelado e concretizado. Contudo as promessas são aplicáveis nos dias de hoje, para quem diariamente vence suas tentações e é aprovado em suas tribulações. Clame e tome posse daquilo que Jesus prometeu! Pois quem prometeu é fiel para cumprir (Hebreus 10.243)

Mc Marcel RMSS




REFLEXÕES



1º Dia  -  2º Dia  -  3º Dia  -  4º Dia  -  5º Dia  -  6º Dia

7º Dia  -  8º Dia  -  9º Dia  -  10º Dia  -  11º Dia  -  12º Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário