sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

O grande equilibrista



"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu: há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou; tempo de matar e tempo de curar; tempo de derribar e tempo de edificar; tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar de alegria; tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar; tempo de buscar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de lançar fora; tempo de rasgar e tempo de coser; tempo de estar calado e tempo de falar; tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz.(...) Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deus fez desde o princípio até ao fim.(Eclesiastes 3.1-11)

Uma das imagens que guardo da minha infância é a daqueles homens de circo equilibrando pratos em varas. Com total destreza eles enfileiravam vários pratos girando ao mesmo tempo na ponta das varas... O público atento, quando percebia que um prato estava perdendo a força e ameaçava cair no chão, fazia sinal para o equilibrista, mas ele sabia a hora exata de balançar a vara novamente e fazer o prato girar mais um pouco.
Às vezes ele deixava propositalmente um prato girar mais lento e dar a impressão que ia cair, o público ficava aflito, mas no momento exato, antes da queda, o equilibrista surgia novamente, sacudia a vareta para dar impulso e não deixava o prato cair no chão, demonstrando seu total domínio sobre o equilíbrio dos pratos.
Deus é o Grande Equilibrista do Universo! Macrocosmos, microcosmos, galáxias, constelações, tudo o que vemos e até mesmo o que não vemos estão sob a destreza e soberania de Deus em manter tudo em seu lugar. Cada reação química das nossas células, a forma como o seu e o meu coração batem, o jeito que nosso sangue coagula, tudo foi complexamente planejado para que fosse mantido um perfeito equilíbrio.
Da reprodução celular à colisão das galáxias, do alimento encontrado pelos passarinhos ao cheiro suave e das cores cintilantes das flores, a sua vida e a minha vida, tudo foi colocado por Deus girando como pratos nas pontas das varas.
O problema é que você e eu somos pratos que reagem, temos vontade própria, às vezes queremos assumir o controle e o equilíbrio das nossas vidas sem se importar com o que poderá acontecer. Mas o Grande Equilibrista é sábio! Ele diz assim: “não se mexa, deixe eu manter você rodando para não cair!” Mas infelizmente nossa teimosia diz: “não! Eu quero que seja do meu jeito!” e caímos no chão muitas vezes até Ele ajuntar novamente nossos cacos e colar os pedaços... Sim, o Grande Equilibrista também é mestre em colar pacientemente os nossos pedaços. As marcas vão ficando lá para que a gente lembre como é cair.
Se você é um prato que está perdendo a força, quase caindo, não se assuste se o Grande Equilibrista balançar sua base de vez em quando! Às vezes precisamos levar algumas chacoalhadas para retomar o equilíbrio da vida. Ele não faz por maldade, pelo contrário, Ele faz por amor. O Grande Equilibrista não gosta de perder nenhum prato, enquanto Ele estiver no controle sabe que não perderá, mas se o prato não quiser mais rodar Ele irá respeitar sua decisão.
Lembre-se! Somos todos pratos nas mãos do Grande Equilibrista, a melhor escolha que podemos fazer para não cair é deixá-lo controlar a velocidade com que giramos.

O Grande Equilibrista lhe abençoe rica, poderosa e sobrenaturalmente!


Pablo Massolar
www.ovelhamagra.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário